Cozinha experimental e seu papel no ensino Montessori

Tempo de leitura: 4 minutos

Gostamos de frisar aqui no blog que um importante aspecto da educação montessoriana é o incentivo à autonomia.

A Dr. Maria Montessori enxergava e valorizava a capacidade dos pequenos de aprender com o ambiente à sua volta, ganhando consciência e participando, aos poucos, da rotina de seus familiares e de sua casa.

Nosso assunto de hoje está diretamente relacionado a essa temática. Vamos abordar o papel da cozinha e da cozinha experimental no ensino Montessori, algo constantemente praticado aqui na escola.

Nosso objetivo é mostrar porque essa vivência é essencial para o pleno desenvolvimento da criança.

Preparado?

O lugar da criança na cozinha

“Mas por que inserir meu filho na cozinha?”, você pode estar se perguntando. Bem, porque a cozinha é um cômodo da casa, um cômodo que representa um aspecto fundamental de nossa sobrevivência: a alimentação. Como tal, ela tem muito a ensinar.

A partir dos dois anos, os pequenos devem começar a participar desse espaço. Podemos convidar a criança a realizar algumas tarefas junto com o adulto, com algumas pequenas adaptações que permitam a sua atuação, como, por exemplo, compor a mesa.

Seguindo o direcionamento deixado por Montessori alguns materiais e utensílios podem  acessíveis aos pequenos, como prato, copo e colher que serão utilizados durante o processo de alimentação. Assim, elas estarão livres para buscá-los e guardá-los.

Tenha em mente que conviver nesse espaço e aprender sobre os cuidados com os talheres e com os diferentes tipos de alimento é uma forma eficaz de incentivar a autonomia!

O contato com os utensílios

O contato com os utensílios segue a mesma lógica. É importante que a criança aprenda a manipular recipientes e, com o tempo, os talheres necessários à sua alimentação.

Aqui na escola, os pequenos realizam atividades práticas nesse sentido. Um exemplo é transferir líquidos e alimentos sólidos (como grãos de feijão ou arroz) de um recipiente para o outro. Com o aumento da destreza das mãos e da segurança, o exercício vai ficando mais complexo.

A ideia é utilizar esses movimentos que são rotineiros e tão presentes em nossa vida para treinar a coordenação motora fina e o cuidado com os diferentes recipientes manipulados, sejam eles de vidro, de plástico, de madeira ou de porcelana.

Depois, vem o manuseio dos talheres. Aqui na escola, os pequenos começam a manusear colheres pequenas, de sobremesa, para depois passar aos garfos e, por fim, às facas. É importante que todos esses utensílios sejam adaptados para o tamanho da mão da criança, até poderem ser substituídos pelos regulares.   

Aos poucos, nossos alunos dominam os movimentos que fazem parte do ato de se alimentar e tornam-se mais seguros.

O aprendizado com os movimentos do dia a dia

Esse tipo de aprendizado, perceba, é plurivalente. Ao mesmo tempo em que a coordenação motora é treinada e aperfeiçoada, também o são a consciência da alimentação, do cuidado com os diferentes recipientes utilizados para armazenar a comida e a importância da higiene com esse local.  

Aqui na Escola Infantil Montessori, como os alunos realizam essas atividades em grupo, também é fomentado o espírito de coletividade que a alimentação desperta. Aos poucos, eles vão aprendendo todas as atividades e rituais que fazem parte da alimentação humana, como manusear utensílios, cortar alimentos, limpar a mesa e as louças depois de utilizá-las e cozinhar.

A cozinha experimental no ensino Montessori

É isso mesmo, aqui na Escola Infantil Montessori, temos uma atividade voltada à cozinha experimental, na qual os alunos participam da preparação de um alimento. Essa atividade foi idealizada por uma profissional nutricionista para contribuir com o desenvolvimento socioafetivo, cognitivo e motor dos pequenos.

Confira os registros que fizemos de nossos alunos engajados com a cozinha experimental!

Como você pode perceber, os ensinamentos e as vivências promovidos pela cozinha experimental vão muito além do mero trato com o alimento. Aqui na Escola Infantil Montessori, a cozinha e a alimentação têm um papel fundamental no desenvolvimento holístico das crianças e em sua maturação nutricional.

Quer saber mais sobre a cozinha experimental e sobre outras atividades da vida prática no ensino Montessori? Entre em contato conosco, agende uma visita e se surpreenda com nossa proposta educacional!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *