Educação Musical: como ela ajuda a criança a aceitar suas capacidades e limitações

Tempo de leitura: 3 minutos

Gostamos muito de falar sobre música. Agora, gostamos ainda mais de falar sobre como a música é empregada da educação montessoriana.

Mas hoje, além de falar sobre educação musical, vamos mostrar como ela acontece na prática aqui na Escola Infantil Montessori. Acompanhe!

Por que a música é utilizada na Educação Infantil?

De acordo com um pensamento atribuído ao filósofo Platão, “A música é a essência da ordem. Eleva todas as almas para o que é bom, justo e belo, e deve ser para a alma o que para o corpo é a ginástica.”

Essas belas e eloquentes palavras nos ajudam a entender a onipresença da música na História da Humanidade. Sons, nuances, ritmos, instrumentos e melodias fazem parte de nossa vida, do berçário à última morada, quer nos demos conta disso ou não.

Acontece que o potencial da música para despertar, direcionar e até nos ajudar a nomear emoções é enorme. Enquanto adultos, podemos nos descobrir alegres, melancólicos, empolgados e relaxados ao ouvir uma melodia; com as crianças, não é muito diferente.

As crianças, ao ouvirem, descobrem. Não somente o mundo, mas também a si mesmas!

Por meio da música, elas vão compreendendo uma importante dimensão de nossa existência, sobretudo no período da mente absorvente, que vai do nascimento aos seis anos de idade. Seja qual for o gênero escolhido, a música exercita a percepção infantil para determinados aspectos do ambiente, bem como de seu cotidiano, corpo e comportamento.

Por esse motivo, não hesitamos em afirmar que a música é um poderoso instrumento para a educação infantil!

Como a música ajuda a criança a conhecer seu potencial e aceitar suas limitações?

Diferente de um adulto, uma criança experimenta a música de forma concreta. Ela dança, balança, canta, pula, corre, dá piruetas, dá risadas e grita para externalizar sua reação às ondas sonoras que seu aparelho auditivo capta. Podemos dizer que ela sente o poder da música e, ao sentir, vai despertando para seus sentimentos, humores e interesses.

Esse aprendizado ocorre até o momento em que ela consegue compreender o que está ouvindo de forma mais abstrata, mais consciente.

Trata-se de um processo de maturação que a leva a se conectar com o próprio potencial, sejam eles musicais ou não, e aceitar suas limitações. Ele resulta em uma criança com uma autopercepção aguçada e, em geral, mais bem-resolvida em relação às próprias emoções.

Há inúmeros estudos que investigam o impacto da música no desenvolvimento cognitivo infantil. Falamos sobre alguns deles neste artigo, também dedicado à educação musical.

Como é a educação musical em Montessori?

A educação musical em Montessori está fortemente relacionada aos conceitos de educação cósmica e criança equilibrada. Isso porque Maria Montessori via a educação como um processo holístico, que deveria ir além do desenvolvimento intelectual, propiciando também o artístico, o emocional, o socioafetivo e o motor.

Aqui na escola, também enxergamos na música um poderoso aliado na educação cósmica de nossos pequenos, e vamos mostrar como essa dinâmica funciona na prática. Confira!

Quer conhecer ainda mais de perto a educação musical e cósmica praticada aqui na Escola Infantil Montessori? Então entre em contato conosco e agende uma visita!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *