Preste atenção e acompanhe seu filho

Tempo de leitura: 4 minutos

A observação é uma maneira de olhar para algo com detalhes cuidadosos. É a identificação, descrição, investigação experimental e exploração teórica de um fenômeno natural. Para Maria Montessori, a observação em si era uma arte que tinha que ser exercida e praticada continuamente. Ela estava constantemente refletindo sobre suas observações das crianças, o que lhe permitiu consolidar e refinar seu método. Montessori expressou a tarefa de observação como sendo baseada em um interesse e compromisso com cada criança individualmente e seu desenvolvimento.

A observação é o alicerce do método Montessori. As observações de Montessori permitiram que ela atendesse às necessidades da criança. Ela nunca parou de observar a criança e nem nós enquanto pais e educadores devemos. Quanto melhor entendermos a arte da observação, mais a consideraremos vital para nossa prática.

Observe seu filho para poder ajudá-lo a evoluir

Uma das principais razões pelas quais devemos observar a criança completando uma tarefa é para poder ver onde ela está errando ou como seu movimento pode ser melhorado. Isso geralmente acontece em atividades práticas de vida, mas pode ser aplicado a quase todas as atividades dos pequenos. Tomemos, por exemplo, o ato de servir bebidas. Este é um momento em que se deve observar as mãos da criança, seus dedinhos, como ela segura o recipiente pela sua alça e derrama o líquido no copo. A partir desta observação o adulto pode auxiliar a criança com as dificuldades, demonstrando de forma sutil a melhor maneira de realizar tal atividade. Outros exemplos são: a amarração dos cadarços, colocar e tirar um avental, destampar algum recipiente, entre outros, que demonstram diariamente o desenvolvimento da criança e permitem que os pais ensinem por meio do exemplo.

Observe a fim de oferecer a menor quantidade de assistência necessária

Muitas vezes as simples tarefas que você realiza pelo seu filho, ele mesmo poderia realizar. Observe a criança em situações simples como fechar um zíper, colocar pasta de dente na escova ou abrir uma torneira, e permita que ela aprenda a fazer isto sozinha. Auxilie-a em um primeiro momento, a puxar o zíper na direção correta, espremer a quantidade adequada de pasta nas cerdas da escova e a abrir a torneira até o limite certo. Das próximas vezes a criança será capaz de fazer isto sozinha. Perceba se suas atitudes de cuidado não estão limitando as ações de seu filho.

Observe para melhorar as demonstrações

A observação pode ajudar a melhorar as demonstrações. Ao observar seu filho realizando tal tarefa você pode tentar se colocar no lugar dele, para entender a melhor forma de ajudá-lo. Atividades como subir e descer da cama, segurar objetos como talheres, lápis, entre outros, são ações que podem ser difíceis para a criança realizar de forma correta e facilitada, principalmente nos primeiros anos de vida. A partir das observações, os pais podem perceber de que forma a criança está lidando com os objetos, de que maneira está apoiando os membros para conseguir se equilibrar, etc. Isto pode ser um ótimo guia para as demonstrações dos pais.

Observe para entender melhor a criança

Ter tempo para observar deliberadamente uma criança nos ajuda a entendê-la melhor. Ela gosta de usar ferramentas ou usar apenas as mãos? Ela se interessa mais por certas texturas, tem preferência por alguma cor? Até onde a criança pode chegar para pegar seus materiais ou pendurar um item no gancho? Com o que se sente confortável, o que evita ou o que a faz sentir-se desconfortável, por quê? A observação nos ajuda a selecionar materiais e preparar seu ambiente para os pequenos. Você pode se surpreender com o que descobre quando dedica algum tempo para sentar e observar seu filho.

Observar para fornecer materiais e ambiente relevantes para o estágio de desenvolvimento da criança

Diz-se tantas vezes que todas as crianças são diferentes e é verdade. O que seu filho está interessado em fazer ou é capaz de fazer em 12 meses, outra criança pode não ser. Isto varia muito. A observação é necessária para determinar o estágio exato de desenvolvimento em que seu filho se encontra. Você precisa saber exatamente onde a criança está para dar o próximo passo. Observar não apenas com qual material a criança escolhe trabalhar, mas também como faz o trabalho / por quanto tempo se dedica às atividades. Isto pode ajudar a determinar se esse material é adequado para ela e lhe dará ideias sobre outros materiais que possam ser adequados. O conceito de atividades que apoiam e desafiam a criança é importante. Queremos atividades com as quais a criança possa ter sucesso, mesmo que seja passo a passo, melhorando e evoluindo aos poucos. A observação pode nos ajudar a preparar o ambiente da criança, a cadeira certa para que a criança possa sentar e levantar independentemente, a mesa ou prateleiras do tamanho adequado, enfim, observar o movimento da criança pode ajudar a determinar o seu desenvolvimento.

Agende uma Visita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *