Como planejar o primeiro quarto do bebê?

Tempo de leitura: 5 minutos

Criar o primeiro quarto do seu bebê pode ser tão desafiador quanto emocionante. Tornar-se pai e mãe é um dos acontecimentos mais desafiadores e satisfatórios da vida. As crianças nos são dadas como o presente mais precioso. Nesse momento, devemos assumir a responsabilidade pelo desenvolvimento, segurança, bem-estar intelectual, espiritual, emocional e físico dos nossos filhos.

Diante disto, a abordagem Montessoriana vê o primeiro quarto do bebê não apenas como um espaço divertido para se criar, mas também como um ambiente importante que pode ajudar a moldar as primeiras experiências do bebê no mundo.

Os bebês absorvem tudo ao seu redor, portanto, naturalmente, o espaço onde eles passam a maior parte do tempo influenciará a maneira como eles veem o mundo. Todos os berçários de estilo Montessoriano têm certas coisas em comum. Eles se concentram na simplicidade, elementos naturais e incentivam a exploração independente.

Em casa, o importante é que você tenha criatividade para criar um quarto Montessoriano sem precisar gastar muito dinheiro. Selecionamos alguns elementos que são fundamentais em quartos para bebês baseado no método Montessori:

  1. Use a simplicidade visual

Os quartos para bebês Montessorianos devem ser ambientes calmos e pacíficos. Eles geralmente têm uma paleta de cores bastante neutra, enfatizam a luz natural e usam materiais autênticos, como madeira e tecido, sempre que possível.

Você poderá pendurar nas paredes algumas fotos cuidadosamente selecionadas, em uma altura que o bebê possa vê-las. Estas podem ser imagens em preto e branco para recém-nascidos.

Os quartos devem ter espaços vazios, mesmo que sejam pequenos, devem ser livres de desordem. Isso é bom para que o bebê tenha espaço para se movimentar e explorar, e para minimizar a distração visual quando um bebê está desenvolvendo a concentração.

Os quartos Montessorianos geralmente incluem plantas vivas ou animais, como um pequeno aquário. Ao pensar na estética do ambiente, uma boa estratégia é deitar-se no chão e considerar como as coisas vão parecer na perspectiva do bebê. Você pode ter a foto mais bonita pendurada, mas se estiver no nível adulto, seu bebê pode nunca perceber.

  • Adicione movimento + área de brincar

Quartos Montessorianos têm uma área de recreação para o bebê e sempre possuem móveis de tamanho infantil. Os quartos de Montessori também têm muito menos brinquedos do que os outros ambientes. Para um bebê muito novo, pode haver uma prateleira com quatro ou cinco itens diferentes, cada um com um ponto designado na prateleira. Isso permite que a criança veja suas opções e escolha uma coisa na qual focar sua atenção. Montessori também apoia o crescente senso de ordem dos bebês, pois eles aprendem que podem sempre encontrar um brinquedo favorito em seu local designado.

Você pode trocar os brinquedos de lugar quando perceber que o bebê está cansado de alguma coisa ou se acha que ele já está pronto para um desafio maior.

Outros elementos comuns em um quarto de bebê Montessori são espelhos e móbiles.

O espelho é frequentemente pendurado horizontalmente, baixo na parede do quarto do bebê. Isso permite que o ele veja a si mesmo e ao quarto, enquanto se deita ao lado dele. Se você tiver preocupações com a segurança, você pode usar um espelho acrílico à prova de quebra. Sua própria reflexão é frequentemente uma das primeiras coisas em que um bebê se concentrará de forma independente.

Existem também móbiles Montessorianos projetados para atrair o crescente interesse e habilidades da criança. Pode-se começar com um móbile preto e branco simples e evoluir para um que tenha diferentes tonalidades de uma mesma cor. Móbiles táteis que o bebê pode alcançar vem em seguida.

Cada elemento do quarto do bebê deve ser projetado para promover um estado de concentração, em que a criança possa explorar de forma independente o seu ambiente.

  • Crie um espaço confortável para o sono

Muitas famílias Montessori usam uma cama de chão em vez de um berço. A cama de piso permite que recém-nascidos explorem visualmente seu quarto sem obstáculos e permite que bebês mais velhos, com mobilidade, escolham entrar e sair da cama sozinhos. A independência é uma grande característica do método Montessori, e isso inclui o sono.

O sono é um assunto muito pessoal e cada família pode de se adaptar de maneira individual. Uma cama de chão é algo que você pode tentar, mas se não funcionar para você, tudo bem. Ainda será possível incorporar o método Montessori em outros elementos do ambiente do seu filho.

  • Considere a segurança para a exploração

Os quartos Montessori devem ser completamente receptivo para os bebês desde o início. É especialmente importante que você use uma cama de piso, mas mesmo se você não usar, é ótimo ter um espaço onde seu bebê possa brincar e explorar sem que ele tenha que ouvir “não” constantemente.

Ter um quarto apropriado para o bebê também lhe dá liberdade e confiança para encorajá-lo a brincar de forma independente, mesmo que você precise sair do ambiente. Os quartos Montessori para bebês são geralmente bastante simples.

Montessori é muito mais sobre uma abordagem adaptável às crianças do que sobre qualquer outro fator.

Usando estes princípios Montessorianos como ponto de partida para projetar o quarto do seu bebê, você poderá criar um espaço que não será apenas bonito, mas que irá incentivar a independência e confiança em seu bebê desde o início.

Agende uma Visita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *