A descoberta de um estilo parental comum

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitos pais nos perguntam como podem incorporar os princípios montessorianos em seus estilos e filosofias parentais de maneira prática. Trazer os conceitos de Montessori para sua vida familiar pode ser uma ponte valiosa para o que seu filho se desenvolva melhor na escola, pois terá mais confiança e independência, que é a base da educação idealizada por Maria Montessori.

No método Montessori, também é fundamental a alegria de aprender. Quando o aprendizado é divertido e agradável, cria indivíduos bem ajustados com um propósito na vida. As crianças que experimentam a alegria de aprender são felizes, confiantes e realizadas.

A parentalidade baseada nos preceitos montessorianos adota uma abordagem descontraída, pautada na liberdade, em que as crianças são incentivadas a praticar atividades que estimulem seu desenvolvimento de forma independente. Concentra-se principalmente na necessidade das crianças de aprender através das experiências e no desejo de assumir responsabilidades.

Maria Montessori defendia que as crianças cujos pais seguiam um estilo parental comum e consistente, se tornavam mais seguras, e por consequência, aprendiam e se desenvolviam com mais facilidade. Para a autora, existem basicamente três estilos parentais: equilibrado, permissivo e muito rigoroso. Acredita-se, portanto, que o equilíbrio seja o melhor caminho, por isso discordâncias entre os pais na presença dos filhos podem ser prejudiciais. A criança precisa se sentir segura e encontrar nos pais orientações que não se contradigam.

Nós trouxemos dicas básicas sobre estratégias montessorianas que podem ser facilmente aplicadas em casa, em prol do bom desenvolvimento da criança:

Siga a criança

Quando pequenas, as crianças sabem o que realmente querem. A paternidade montessoriana exige que os pais apenas preparem e orientem seus filhos, e depois permitam que eles escolham o que querem fazer e como querem brincar. Isso gera uma sensação de autoestima desde cedo.

Passe tempo com seu filho

Os pais devem sempre se esforçar para passar um tempo com seus filhos, seja dentro de casa ou ao ar livre, e parar para vê-los brincar e experimentar o mundo ao seu redor. A proximidade entre pais e filhos aumentam a intimidade e a confiança na relação parental.

Permita que a criança participe das suas atividades

De acordo com Montessori, as crianças precisam de inclusão e envolvimento na rotina dos pais. Ao contrário da crença popular, não se trata de dar bons brinquedos e videogames de última geração, mas sim de envolver os filhos em suas atividades, como ler, brincar, preparar refeições, limpar e organizar a casa, permitindo que a criança participe ativamente de tudo. Isso ajudará a desenvolver o senso de pertencimento das crianças e fará com que elas se sintam desejadas e cuidadas.

Dê segurança para o seu filho

Crie um espaço de recreação que permita que as crianças entrem e saiam conforme desejarem, sem se machucar. Isso ajudará a aumentar sua confiança e permitirá que eles tomem suas próprias decisões.

Promova o equilíbrio entre liberdade e disciplina

Maria Montessori defendia que uma criança é como uma caixa vazia que precisa ser preenchida com coisas positivas. Muita punição fará com que a criança se retraia. Muita disciplina fará o lar parecer uma prisão. Em vez disso, como pai ou mãe, crie limites e foque consistentemente em acompanhar o desenvolvimento de seu filho, até que ele naturalmente opte por um comportamento positivo e desejável. Esteja disponível para orientar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *