Os primeiros passos na matemática

Tempo de leitura: 2 minutos

Grande parte do currículo de Montessori baseia-se em oferecer às crianças materiais concretos primeiro e depois oportunidades para trabalhar com conceitos mais abstratos. Isso não é diferente quando se trata de matemática.

Matemática é feita de lógica, sequência e ordem. Na metodologia Montessori, afirma-se que a criança tem uma “mente matemática” e um impulso interno para entender o ambiente ao seu redor. Portanto, pode-se dizer que as crianças têm uma atração inata pela matemática. Suas mentes estão cheias de energia que os impulsiona a absorver, manipular, classificar, ordenar, sequenciar, abstrair e repetir. Essas tendências ajudam a criança a adquirir maior profundidade de seu conhecimento matemático.

A matemática na sala de aula primária é composta de pequenos detalhes que formam um todo, mas cada detalhe é completo em si mesmo. Todos os exercícios matemáticos iniciais são trabalhados no nível sensorial, a fim de garantir que a criança relacione a quantidade ao símbolo.

É a precisão e a exatidão dos materiais matemáticos que atraem as crianças para esta área da sala de aula. Além disso, as crianças de 0 a 3 anos estão no processo (período sensível) de afinar suas percepções. Elas são sensíveis a pequenas alterações na ordem, sequência e tamanho.

Os exercícios de matemática Montessori oferecem às crianças as ‘chaves’ necessárias para conduzi-las no caminho para uma maior exploração e maturação da mente matemática. As maneiras pelas quais os materiais são desenvolvidos permitem que as crianças completem ciclos intelectuais que as ajudam a alcançar a liberdade de se tornarem independentes.

Materiais Montessori

  • Barras de números

As barras numéricas são divididas em seções vermelhas e azuis, representando as quantidades de 1 a 10. Essas cores guiam a criança para o conceito abstrato, do significado de um símbolo (número), no que se refere a uma quantidade.

  • Cestas de contagem

As cestas servem para classificar e contar os números de 0 a 10. Para esta atividade é preciso oferecer às crianças várias cestas etiquetadas com um número. A criança deverá incluir a quantidade certa de objetos em cada uma delas, e, obviamente, aquela etiquetada com o número zero a criança deverá deixar vazia, aprendendo desde já o conceito de vazio.

  • Números de lixa

Os números de lixas (assim como os correspondentes das letras) ensinam as crianças a formar corretamente cada número, a fim de desenvolver aptidão motora para escrevê-los no papel.

Agende uma Visita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *